Cardeal John Henry Newman

Por Padre Arnaldo Rodrigues – Cidade do Vaticano

O cardeal Newman foi beatificado por Bento XVI em 19 de setembro de 2010 em Cofton Park di Rednal, em Birminghan, Inglaterra.

“ Louvor Àquele que é Santíssimo no alto dos céus. E louvor nas profundezas; Belíssimo em todas as suas palavras, mas muito mais em todos os seus caminhos! (Cardeal John Newman – The dream of Gerontius) ”

Cardeal John Henry Newman – Foto: site Paulo Ricardo

Papa Francisco autorizou na terça-feira, 12 de fevereiro, Sua Eminência o cardeal Angelo Becciu, prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, a promulgar o decreto que proclamará santo o cardeal John Henry Newman, fundador do Oratório de São Felipe Neri na Inglaterra.

O cardeal Newman foi beatificado por Bento XVI em 19 de setembro de 2010 em Cofton Park di Rednal, em Birminghan, Inglaterra. Em suas palavras na homilia de beatificação recordou o seu lema que era Cor ad cor loquitur, “O Coração fala ao coração” e um pequeno trecho de seus escritos:

“ O hábito da oração, que é a prática de se dirigir a Deus e ao mundo invisível em cada época, em todos os lugares, em qualquer emergência, a oração, digo, possui aquilo que pode ser chamado um efeito natural no espiritualizar e elevar a alma. Um homem já não é o que era antes; gradualmente… interiorizou um novo sistema de ideias e tornou-se impregnado de princípios límpidos (Parochial and plain sermons, IV, 230-231). ”

O Papa Bento XVI recordou também que “o ensinamento do Beato John Henry sobre a oração explica como o fiel cristão se colocou de modo definitivo ao serviço do único verdadeiro Mestre, e só Ele tem o direito à nossa devoção incondicionada (cf. Mt 23, 10). Newman ajuda-nos a compreender o que isto significa na nossa vida quotidiana: diz-nos que o nosso Mestre divino atribuiu uma tarefa específica a cada um de nós, um «serviço bem definido», confiado unicamente a cada indivíduo:

“ Eu tenho a minha missão — escrevia — sou um elo numa corrente, um vínculo de ligação entre as pessoas. Ele não me criou para nada. Praticarei o bem, realizarei a sua obra; serei um anjo de paz, um pregador de verdade precisamente no meu lugar… se o fizer obedecerei aos seus mandamentos e servi-lo-ei na minha vocação (Meditations and devotions, 301-2). ”

Cardeal John Henry Newman – Foto: Google imagens

Sobre a importância de um laicato preparado para os dias de hoje, recorda-nos o cardeal Newman:

“ Quero um laicato não arrogante nem polêmico, mas homens que conheçam a própria religião, que entrem nela, que saibam bem onde se erigem, que saibam o que crêem e não crêem, que conheçam de tal modo o próprio credo que dele prestem contas, que conheçam bem a própria história para a poder defender (The Present Position of Catholics in England, IX, 390). ”

O Beato John Newman foi um sacerdote anglicano inglês convertido ao catolicismo, posteriormente nomeado cardeal pelo Papa Leão XIII em 1879. Foi beatificado no dia 19 de setembro de 2010 pelo Papa Bento XVI. Criador da Universidade Católica na Irlanda e por algum tempo reitor da mesma.

Fonte: Vatican News

Posts relacionados