Na próxima quarta-feira (7), Monsenhor José Gomes Moraes, diretor do Pontifício Instituto Superior de Direito Canônico, completa 20 anos de ordenação sacerdotal. O religioso recebeu o sacramento da ordenação pelas mãos de Dom Eugenio de Araujo Sales no dia 7 de agosto de 1999, na Catedral Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O Jubileu de porcelana será comemorado em uma celebração eucarística no dia 10 de agosto, às 11 horas na Igreja Santa Teresinha no Palácio Guanabara, local em que exerce o ofício de reitor.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Por ocasião da data comemorativa, Monsenhor José Gomes expressou sua gratidão a Deus pelo chamado a servir a Igreja de Cristo:

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

“Meu sentimento, ao celebrar 20 anos de ordenação sacerdotal, é de gratidão a Deus. Ele me deu a graça de servir a Sua Igreja, minha mãe, e permitiu que eu tivesse muitos amigos. Na minha vida, como de qualquer sacerdote, Nosso Senhor prometeu recompensas já nesse mundo, cem vezes mais, e a grande recompensa é Ele mesmo, o próprio Cristo. Se fosse preciso, recomeçaria tudo de novo, evitando os erros, mas com a mesma alegria de 20 anos atrás”

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O sacerdote teve sua vida marcada pela presença de Deus desde a infância em Maceió (AL), cidade onde nasceu. De família religiosa, era assíduo em sua paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, igreja em que recebeu os sacramentos da iniciação cristã. Além de sua comunidade, o colégio católico onde estudou, o ajudaram no despertar da vocação ao sacerdócio.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Vida estudiosa a serviço da Igreja

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Quando ingressou no seminário sua rotina de estudo se intensificou. Em 1991, foi convidado a estudar em Roma como seminarista do Pontifício Seminário Romano. Na ocasião teve a oportunidade de estar próximo de São João Paulo II:

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

“São João Paulo II sempre marcou presença no seminário, na festa da padroeira ou no início do ano acadêmico. Era o seu seminário, já que o Papa é o bispo de Roma. Também havia a participação da comunidade do seminário nas grandes celebrações presididas pelo Papa, como a conclusão do Mês Mariano, em maio, realizada no jardim da Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, e a Solenidade de Corpus Christi. Esta proximidade com o Santo Padre e, por consequência, os estudos num seminário romano me ajudaram a ter um coração dilatado de amor, a ter uma solicitude universal pelas necessidades da Igreja. Este santo, que teve um pontificado fecundo, marcou minha vida, formação e, depois, o sacerdócio. Agradeço muito a Deus por ter me oferecido essa oportunidade no período de minha formação”, recordou.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Concluiu seus estudos de filosofia e teologia em 25 de outubro de 1997, quando foi ordenado diácono na Basílica de São João do Latrão, pelo vigário geral para a Diocese de Roma, Cardeal Camillo Ruini.

Ordenação diaconal de José Gomes.

Contudo, permaneceu em Roma para dar continuidade aos estudos e fazer seu Mestrado na Pontifícia Universidade Lateranense. Após uma breve passagem pelo Brasil, depois de ter concluído a especialização stricto sensu, Dom Eugenio o incumbiu de outra missão, seguir a carreira diplomática:

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

“Dom Eugenio me pediu outra renúncia. Enviou-me, em 2001, para fazer doutorado em Roma, na Pontifícia Universidade da Santa Cruz. Antes, fiz um curso de atualização em Direito em Lugano, na Suíça. Meu doutorado versou sobre o Direito Civil e o Direito Canônico. É o direito da pessoa sobre o direito de associar-se, tendo em vista que o homem é um ser sociável. Um direito que deve ser garantido pelo estado e defendido pela Igreja”, lembrou.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Quando voltou ao Rio, em 2005, Monsenhor José Moraes foi nomeado professor na Universidade Católica de Petrópolis, função que exerce até hoje, e também no Seminário Arquidiocesano de São José.

Padre José Gomes e Dom Eugênio Sales.

No governo do Cardeal Orani João Tempesta tornou-se cônego do Cabido Metropolitano, foi reitor do Santuário Nossa Senhora de Fátima, no Recreio dos Bandeirantes e, atualmente, reitor da Igreja de Santa Teresinha, em Laranjeiras. Também exerce os ofícios de delegado episcopal dos estudantes clérigos no Brasil e no exterior, e continua como diretor do Pontifício Instituto Superior de Direito Canônico.

Com informações do Jornal Testemunho de Fé