Cardeal Dom Odilo

O quarto domingo de agosto é dedicado à vocação do catequista e, também, às demais vocações dos cristãos leigos e leigas na Igreja. Todos os membros são “vocacionados” (chamados) a participar com o seu próprio dom na vida e na missão da Igreja. Os ministros ordenados e os religiosos(as) desempenham missões importantes em benefício de todo o povo de Deus, mas a missão de cada membro desse povo também é importante para o bom desempenho da vida e da missão da Igreja no mundo. 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Os catequistas desempenham um papel fundamental na iniciação à vida cristã e no processo do seu desenvolvimento e maturação. Onde a catequese está bem organizada e funcionando, aí está garantida uma base sólida para a vida cristã. Onde, ao contrário, a catequese é precária, com poucos catequistas e catequizandos, aí a evangelização provavelmente ficou muito deficitária.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Na pesquisa de 2018 para o sínodo arquidiocesano, apareceram algumas questões preocupantes na catequese: muitas comunidades com poucas turmas de catequese, quer crianças e adolescentes, quer adultos. Ao mesmo tempo, o número de catequistas por paróquia é, na média, bastante baixo. Mais ainda, nota-se que cerca da metade das crianças batizadas não passa pela catequese dos sacramentos de iniciação da Eucaristia e da Crisma. Onde estarão recebendo sua formação cristã inicial? Infelizmente, é provável que não recebam formação cristã alguma.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Isso nos leva a abordar outra questão importante ligada à catequese: o interesse dos pais e familiares em proporcionar formação cristã para os filhos. Os pais deveriam ser os primeiros catequistas, conforme promessa que fizeram diante do altar no dia do casamento: “Prometeis acolher com amor os filhos que Deus vos enviar, educando-os na lei de Cristo e da Igreja?”, ao que os noivos responderam afirmativamente. 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Catequista estudando Youcat. Foto: internet

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

A transmissão da fé, portanto, deve começar no lar, desde a mais tenra idade. Com a transmissão da fé, mediante o Batismo, vai também a iniciação à vida cristã, mediante o exemplo dos pais e sua palavra, ensinando as primeiras coisas relativas à fé, às orações e atitudes na relação com Deus e relativas aos valores e práticas da vida moral. Espera-se dos pais católicos que encaminhem seus filhos para a catequese e um esforço missionário de toda a comunidade católica para acolher em seu seio os novos membros. Também nesse campo, temos muito a fazer em nossa Arquidiocese de São Paulo.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

A catequese é uma pedagogia de iniciação prática à participação na vida eclesial dos filhos pequenos e adolescentes. Eles precisam aprender que são parte da Igreja, Corpo de Cristo e povo de Deus, e que essa grande família também é sua família. 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

A pesquisa do sínodo revelou, ainda, que há muitos campos e espaços, na Igreja e na sociedade, onde se faz necessária a atuação missionária de leigos e leigas. Já existem muitas iniciativas em andamento na dimensão da caridade. Porém, constata-se, ainda, uma adesão relativamente baixa a essas iniciativas. Mas existe uma ampla disponibilidade de adesão e colaboração por parte do povo católico. É, pois, necessário criar mecanismos de amplo envolvimento efetivo de mais pessoas nessas obras. 

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

À pergunta “Você acha que a Igreja está ajudando a promover uma sociedade melhor?”, 75,4% responderam que sim; e 18,2% manifestaram dúvidas a esse respeito. Porém, quando se trata do interesse pela vida política por parte dos católicos, apenas 63,1% se manifestaram favoráveis; 19,3% se manifestaram contrários e 17,4% manifestaram dúvidas. Isso significa que existe uma compreensão insuficiente da missão dos leigos em relação ao seu papel na vida social e nas responsabilidades públicas.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

No que se refere à evangelização propriamente dita, apenas 56% dos entrevistados pela pesquisa afirmaram que falam de sua fé e religião com outras pessoas. Isso indica uma insuficiente atuação dos batizados na transmissão e testemunho explícito de sua fé. Temos, portanto, muito para fazer na dimensão da conversão e renovação missionária em nossa Arquidiocese.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Cardeal Odilo Pedro Scherer
Arcebispo Metropolitano de São Paulo
Publicado em O SÃO PAULO, na edição de 21/08/2019